Culinária

A cozinha grega é uma das mais saudáveis, saborosas e perfumadas do mundo. É recheada de grãos, azeite, legumes, vegetais, iogurtes e mel, comporta elementos doces e salgados em todos os pratos e ainda tem nas oleaginosas, como o nozes e gergelim, um ingrediente comum a muitas receitas.
Alho, ervas frescas, como o orégano, alecrim, tomilho e louro, peixes, frutos do mar, pães, cereais e a carne de carneiro também são elementos fortemente presentes na cozinha da Grécia, um país que fica no sudeste da Europa e tem cerca de 11 milhões de habitantes.

Os gregos têm o costume de oferecer os mezédes, que são porções de antepastos diversos servidos para acompanhar uma bebida antes das refeições. Eles são saboreados com pão sírio, lá chamado de pão grego.

Se você for à Grécia, certamente será servido com mezédes de patê de berinjela (melitzanosaláta), coalhada com pepino e alho (tzatziki) ou de ovas de peixe (taramosalata); bolinhos de carne (keftedes); queijo grelhado e flambado (saganaki); frutos do mar (lulas, camarões, polvo, mariscos); charutinhos de folhas de uva (dolmadakia), a salada grega chamada de horiátiki (tomates, pepinos, finas fatias de cebola, azeitonas, pimentão verde) e uma fatia de um forte queijo de ovelha, o queijo feta, temperado com orégano, e as azeitonas gregas, que nunca faltam numa mesa.

"Dos pratos clássicos e mais tradicionais, se destacam o carneiro assado ao forno com batatas e o moussaká gratinado de berinjelas e carne moída. Os doces gregos são também muito apreciados e entre muitos podemos destacar o kourabié, um amanteigado com recheio de amêndoas, melomakárono, biscoito com canela e mel, e os folhados baklavá e kadaífi, massas folhadas recheadas com nozes", diz o dono do restaurante grego Olympus, em São Paulo, Yannis Delatolas.

O churrasco grego, que tem versão bastante popular pelas ruas das grandes cidades brasileiras, existe e é um prato muito apreciado. Geralmente é feito com carnes sobrepostas e de diversos animais, como porco, frango e carneiro.

As frutas são muito importantes na mesa grega. Seja em forma natural ou seca, elas fazem parte de todas as refeições e compõem muitos pratos típicos. Em destaque estão as uvas, melancias, melões, pêssegos e figos.

Na categoria das bebidas, os gregos também adoram o café árabe e têm o hábito de ler o futuro na borra (Cafeomancia), sempre acompanhado de um copo de água. A bebida gelada em estilo frappé também é bastante consumida.

"As bebidas preferidas dos gregos são o ouzo, aguardente de uva com essência de anís, vinhos tintos e brancos, cerveja e retsina, vinho branco com seiva de pinheiro", diz Delatolas.

Hábitos gregos
O almoço e o jantar são as refeições mais importantes para os gregos. Eles começam com o mézede até a sobremesa em ritual sem pressa e com direito à sesta. "Esse hábito faz com que a alimentação grega fique ainda mais saudável", diz o professor de gastronomia do Senac-SP, Alessandro Nicola.

Na sexta-feira, o consumo de qualquer tipo de carne é proibido para os gregos e a população ainda preserva essa cultura religiosa.

Pra quem mora longe e não pode experimentar estes sabores, ensinamos a fazer algumas receitinhas de lá. Confira.